top of page
  • Helena Blueprints

VOCÊ SABE O QUE É BRIEFING?


Desenho à mão de projeto

É possível que você já tenha ouvido falar no termo "Briefing" alguma vez na sua vida. Esse termo é muito comum e amplamente utilizado para descrever uma etapa dentro de projetos de Arquitetura ou Design de Interiores.


A palavra é traduzida do inglês para o português como "resumo" e, nada mais é do que um processo onde o designer que irá fazer um trabalho de criação abre espaço para que seu cliente fale sobre os problemas que precisa resolver dentro de um projeto.


Vale ressaltar que o arquiteto ou designer sempre cria para o outro, a partir das necessidades e anseios daquele indivíduo ou sua família. Todo trabalho que envolve criação passa por essa etapa que, como o nome diz, resume tudo aquilo que é esperado que aquele projeto atenda. Lembre-se que uma obra é dividida em duas partes: O Projeto e a Construção. O Briefing é a primeira etapa do Projeto.


Neste artigo, você saberá exatamente o que considerar e como agir quando estiver passando por essa etapa durante sua obra.


COMO UM BRIEFING MAL-FEITO PODE IMPACTAR NO RESULTADO DA SUA OBRA


Escrivaninha

O Briefing é uma oportunidade que você tem para trazer ao seu arquiteto todas as expectativas que você tem sobre aquele projeto. Menosprezar essa etapa certamente irá ocasionar:


  • Frustração: A comunicação equivocada ou incompleta sobre o que você espera como resultado para sua obra pode te trazer uma sensação de frustração com aquele profissional. Por melhor que ele possa ser, o Arquiteto apenas irá conseguir desempenhar seu melhor papel se souber exatamente o que você precisa dentro daquele projeto;

  • Gastos e atrasos: Projetos de Arquitetura levam tempo para serem desenvolvidos. O Briefing funciona como um norte para o trabalho de criação do Arquiteto. A falta de informações pode comprometer o resultado final do projeto, que pode acarretar gastos desnecessários com revisões. Em casos piores, pode ser necessário fazer alterações diretamente no canteiro de obras, demandando grandes perdas para todos os envolvidos.


O QUE CONSIDERAR NA HORA DE FAZER SEU BRIEFING


1. Fale os seus gostos pessoais

Tenha confiança em transmitir para o profissional que irá cuidar de seu projeto o máximo possível de informações sobre o que você gosta em questão de estilo. Você pode trazer algumas referências visuais através de imagens e fotos de locais que tenha gostado, ou até mesmo peças de roupas e objetos que representem seus gostos e preferências.


2. Tenha organização


Tenha em mente que projetos de Arquitetura e Interiores são bastante complexos, pois reúnem uma quantidade muito grande de informações que são imprescindíveis para uma boa execução da obra. Manter todas essas informações muito bem separadas e catalogadas irá servir para que o andamento geral do processo seja melhor conduzido.


3. Organize as informações por ambiente


Considere fazer uma lista de tudo o que precisa ser considerado no projeto ambiente por ambiente. Dessa forma a listagem do Briefing ficará mais organizada e fácil de operar.


4. Reflita sobre como utiliza os ambientes hoje


Para que o projeto da sua casa seja capaz de atender suas necessidades, é preciso que você transmita para o profissional detalhes sobre sua rotina. O horário que você acorda, se você tem o costume de tomar café-da-manhã com seus filhos, ou sozinho, se você medita pela manhã, se trabalha em casa, etc. O arquiteto precisa entender como funciona seu dia-a-dia e se existe algum costume que seja relevante para o seu jeito de morar que irá afetar o projeto.


Projeto de Arquitetura da Casa Vegati

Na Casa Vegati, temos a habilidade de produzir detalhamentos de projeto muito precisos, desde o dimensionamento de gavetas até puxadores exclusivos para portas. Tudo é feito a partir das informações que temos sobre a rotina dos nossos clientes.


5. Defina se irá reaproveitar algum mobiliário que já tenha


Seu Arquiteto precisa considerar possíveis móveis, objetos de arte ou itens pessoais que você irá levar para esse novo espaço. Dessa forma esses itens podem ser planejados corretamente dentro do ambiente.


6. Informe se possui alguma coleção de livros ou objetos


Você tem alguma coleção de objetos que gostaria de deixar exposta? Ou uma quantidade considerável de livros que precisam de uma estante específica? O projeto precisa prever esses itens, caso contrário eles não terão lugar na sua casa nova e será necessário improvisar.


Sala de Estar com estante de livros

Uma boa maneira de você comunicar essa informação é por metro linear. Você pode medir o espaço que tem atualmente para esses objetos. Por exemplo: "hoje eu tenho 5 metros lineares de livros, e quero que na casa nova tenha o dobro desse espaço"


7. Liste os eletrodomésticos e eletroeletrônicos que pretende inserir em cada ambiente


Ter uma listagem de todos os equipamentos irá permitir que o Arquiteto faça não somente a previsão dos devidos locais onde eles serão instalados, mas a inclusão dos pontos elétricos específicos para cada equipamento no projeto, com informações como a voltagem e amperagem desses equipamentos. Com isso será possível fazer uma estimativa também da carga elétrica que os circuitos terão na casa, obtendo uma infraestrutura adequada para suportar tudo o que será ligado na residência.


8. Informe o orçamento disponível para a obra


Comunicar ao Arquiteto o valor que pretende investir na obra irá permitir que o profissional tenha uma ordem de grandeza de valores, compreendendo onde alocar cada parte dos recursos.


9. Encontre as respostas que não tem


É comum que, durante o Briefing, os clientes não sejam capazes de responder todas as perguntas. Nem sempre você será capaz de ter a visão definitiva do que você quer para o projeto da sua casa. O arquiteto tem, nesse caso, o papel fundamental de saber conduzir esse processo para que você encontre essas respostas que faltam para fechar o ciclo e poder dar continuidade ao projeto.


COMO O ARQUITETO UTILIZA O BRIEFING PARA PROJETAR


Claro que cada profissional possui uma maneira distinta de trabalhar. Na Casa Vegati, as informações colhidas no Briefing serão transformadas em uma listagem, separada por ambientes, contendo tudo o que foi passado pelos clientes.


Arquiteto
Foto: Rafaela Heloaria Fotografia

A partir dessas informações, é iniciada a etapa de criação, onde cada ambiente será projetado para atender a rotina e o modo de viver de cada um, considerando seus gostos pessoais, suas coleções de objetos, suas expectativas e seu orçamento.


No projeto criativo será possível simularmos se irão caber todos os itens que os clientes pretendem colocar no ambiente, sempre fazendo uma combinação da melhor funcionalidade, melhor estética e melhor qualidade de espaço possível.


PARA NÃO ERRAR


Com um Briefing completo e bem desenvolvido, aumenta-se as chances de que o projeto criativo da sua casa seja assertivo e capaz de atender todas as suas necessidades.


Faça a documentação do Briefing


Todos os itens que foram discutidos na reunião com seu Arquiteto precisam estar devidamente documentados por escrito. Os projetos normalmente são desenvolvidos por mais de um profissional. As outras pessoas que serão envolvidas no processo precisam estar cientes de tudo o que foi discutido, mesmo não estando necessariamente presentes na reunião inicial. Tenha em mente que o profissional precisa fornecer esse documento.


Revise o Briefing


Antes de iniciar a obra, revise item por item do Briefing que foi documentado, repassando a listagem e verificando se o projeto criativo que recebeu do seu Arquiteto contém tudo o que foi solicitado. Caso esteja faltando algo, não deixe de comunicar ao profissional para que ele possa estar ciente e traga uma solução à tempo.


Como falamos, realizar uma obra é complexo e trabalhoso, seja uma construção de uma casa ou uma reforma de um apartamento. Organizar esse processo todo em etapas devidamente sequenciais é essencial para diminuir a ocorrência de erros na obra.


Clique aqui para entrar em contato com a Casa Vegati para saber mais como funcionam os projetos e como podemos ajudar na obra da sua casa nova.

0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo
bottom of page